09.09.2011

Como verificar se um elemento existe no HTML com jQuery

Como verificar se um elemento existe no HTML com jQuery

As vezes usando jQuery (ou qualquer outra biblioteca javascript) precisamos verificar se um certo elemento existe ou não no HTML.

O uso dessa condição é comum quando você tem muitos plugins jQuery que não estão linkados em todas as páginas do seu site, e apenas um arquivo “base.js” com todas as chamadas das funções desses plugins. Nesse caso, o arquivo “base.js” vai dar erro, pois não vai encontrar o link dos plugins em todas as páginas que ele é executado.

Talvez você tenha tentado o óbvio que seria:

if ( $("#minhadiv") ){
  // faça algo
}

Mas o código acima não funciona com jQuery. O correto é usar o seguinte código:

if ( $("#minhadiv").length ){
  // faça algo
}

Com esse if você verifica se um elemento existe na página, e se sim (true), execute um código em especial. Caso o if retorne false, o código dentro dele será ignorado.

03.08.2011

Adicionando a slug do post como classe no body em WordPress

Adicionando a slug do post como classe no body em WordPress

Usar as classes inseridas da função body_class aumenta muito o seu poder de customização de CSS em seu projeto em WordPress. Por padrão o WordPress insere algumas classes como: ID do post, o tipo de post, o template usado, entre outras coisas. Mas as vezes isso não é o bastante. Em um post anterior eu ensinei como adicionar o nome do navegador como classe na função body_class. Neste post vou mostrar uma função simples que vai adicionar o tipo e slug de um post como classe na tag body. (mais…)

19.07.2011

Exibindo posts entre duas datas no WordPress

Exibindo posts entre duas datas no WordPress

O WordPress é uma ferramente que permite diversas coisas, uma delas é exibir posts entre duas datas. Com um simples filtro, você pode mudar sua query. Para isso, adicione o seguinte código antes da função query_posts dentro da página do seu tema: (mais…)

18.07.2011

Adicionando o nome do navegador como classe na tag body no WordPress

Adicionando o nome do navegador como classe na tag body no WordPress

Um problema comum que todo desenvolvedor encontra quando desenvolve seu código html/css é a falta de compatibilidade entre os navegadores (browsers), principalmente se tratando de Internet Explorer (IE). Somos obrigados a usar de diversos meios para poder fazer com que o código seja renderizado de formas diferentes em cada navegador.

Se você está usando o WordPress e precisa criar estilos diferentes para cada navegador, uma boa maneira de fazer isso é adicionar o nome do navegador como classe no elemento body do HTML. (mais…)

21.07.2010

Exibindo o número de posts e páginas(pages) no WordPress

O código para mostrar o número de posts, pages ou ambos no WordPress é bem simples. (mais…)

28.06.2010

Customizando o campo de busca (search form) no WordPress

É muito fácil customizar a forma de apresentação do campo de busca (search form) no WordPress. (mais…)

23.06.2010

Resolvendo problemas de paginação no WordPress

Um problema que muitos sofrem é a paginação dos posts quando se altera um Loop no WordPress. Por exemplo, geralmente usamos a função query_posts antes do Loop para que o WordPress mostre uma determinada categoria, ou uma determinada quantidade de posts. O problema é que quando usamos o query_posts, o WordPress é afetado, e assim a paginação não funciona corretamente. O usuário clica em “Próximos Posts”, e ele repete os mesmo posts novamente. (mais…)

08.06.2010

Exibir os posts relacionados no WordPress sem precisar instalar plugin

Existe uma maneira de exibir no WordPress os posts relacionados sem precisar instalar um plugin. A vantagem é que você pode editar da maneiro que quiser a estrutura de como vai ser exibida esses posts relacionados. (mais…)

04.06.2010

Criando uma página personalizada no WordPress

As vezes, em certos projetos, precisamos criar uma página com uma estrutura diferente das demais. Para isso, o WordPress oferece algumas opções. Uma delas é usar a opção de “Modelo Personalizado”. (mais…)

02.06.2010

Use diferentes fontes com o Google Font API

A maior decepção para a maioria dos web-designers é não poder usar vários tipos de fontes quando vão fazer um layout para um site em HTML onde o texto é dinâmico. (mais…)